Selecione o seu estado/cidade

x
Última atualização: 18/01/24 às 10:01

Golpe no WhatsApp é uma prática que abrange a disseminação de notícias falsas, pedido de dinheiro e outras ações que podem comprometer a sua segurança e privacidade.

O WhatsApp é uma das plataformas de mensagens mais populares do mundo. De acordo com um levantamento da Statista, empresa especializada em dados estatísticos, no Brasil, a plataforma é usada por mais de 147 milhões de pessoas.

Essa rede social traz uma série de facilidades para o nosso dia a dia, mas é preciso que a gente a utilize com segurança. 

Pensando nisso, e para te ajudar a promover uma experiência digital mais segura, selecionamos algumas informações sobre os tipos mais comuns de golpes e que medidas você deve tomar para se proteger. 

Notícias falsas

Esse golpe no WhatsApp envolve a disseminação de informações enganosas, rumores ou boatos por meio de mensagens e links compartilhados na plataforma. 

Por isso, desconfie de mensagens de conteúdo duvidoso, ou seja, informações que causam dúvida sobre sua verdade. Isso inclui notícias falsas, boatos, ou qualquer coisa que possa enganar ou confundir as pessoas. 

Também é importante analisar se as mensagens são verdadeiras antes de compartilhá-las. Por isso, acesse sites confiáveis de notícias e verifique se o conteúdo compartilhado por outros canais traz as mesmas informações. Isso ajuda bastante a descobrir se uma notícia é real ou fake news.

Você também pode pesquisar a veracidade da fonte em sites oficiais do governo. Lembre-se de não compartilhar com seus contatos conteúdos dos quais você não conhece a origem. 

Link falso

Nesse caso, a pessoa recebe uma mensagem com supostas promoções, proposta de negociação de dívidas, prêmios ou informações importantes que a induzem a clicar em links maliciosos que podem estar relacionados a ataques de phishing.

Geralmente, isso é enviado por alguém que se passa por alguma empresa ou instituição conhecida. 

O ideal é que você evite clicar em links de mensagens antes de ter certeza de que eles são legítimos. 

Pix

Neste golpe, alguém que se passa por um familiar ou amigo próximo da vítima envia uma mensagem que, na maioria dos casos, alega problemas urgentes e pedidos de ajuda.

Na conversa, a pessoa envia uma chave pix, induzindo o pagamento rápido. Na maioria das vezes, quem cai no golpe acaba transferindo sem questionar se o conteúdo é verdadeiro.

Você pode evitar cair neste golpe entrando em contato por telefone com a pessoa verdadeira ou com algum conhecido em comum para ter certeza de que o pedido de ajuda é real.

Resgate do FGTS e Auxílio Brasil

Essa é uma fraude em que alguém se passa por representante da Caixa Econômica Federal ou do Ministério da Cidadania, responsáveis pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e pelo programa social Auxílio Brasil.

O golpe consiste em mensagens de texto, alegando que a vítima tem direito a receber um valor alto de FGTS ou benefício do governo. 

A pessoa que se passa pela suposta instituição solicita número do CPF, RG, da conta bancária e senhas. Se você fornecer esses dados, alguém poderá usar para fazer saques indevidos e causar prejuízos financeiros significativos.

Para evitar cair nesse tipo de situação, lembre-se de que órgãos governamentais não costumam entrar em contato dessa maneira, e qualquer comunicação suspeita deve ser verificada diretamente com a instituição em questão. 

Nunca compartilhe informações sensíveis por telefone ou conteúdos sem ter certeza da autenticidade da solicitação. Estar ciente dessas práticas fraudulentas é fundamental para você se proteger contra possíveis prejuízos.

Recursos de segurança do WhatsApp que ajudam a proteger contra golpes

Além das dicas que compartilhamos nos tópicos anteriores, você pode usar as ferramentas da própria rede social para deixar sua conta ainda mais segura. Uma delas é a confirmação em duas etapas:

  • Abra o WhatsApp, e no canto superior direito, onde aparecem os 3 pontos, selecione Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas > Ativar; 
  • Insira um PIN de 6 dígitos e, em seguida, clique em Confirmar; 
  • Insira um endereço de e-mail ao qual você tem acesso e selecione Avançar;
  • Confirme o endereço de e-mail, inserindo o código enviado, e toque em Confirmar.

Outra forma de se proteger contra é restringir a visibilidade da sua foto de perfil apenas para seus contatos:

  • Inicie o WhatsApp em seu dispositivo e toque no ícone de três pontos verticais no canto superior direito da tela para acessar o menu;
  • Selecione Configurações > Privacidade > Foto do Perfil > Meus contatos.

Ao fazer isso, você reduz a exposição da sua imagem a pessoas desconhecidas, diminuindo as chances de uso indevido por terceiros não autorizados

Leia também: Privacidade na internet: 04 dicas para proteger seus dados

O uso consciente das redes sociais, aliada à implementação de medidas de segurança, é essencial para criar um ambiente digital protegido. 

Se você, assim como a Alares, quer contribuir para a construção de uma comunidade virtual mais segura, compartilhe essas dicas com outras pessoas. Vamos juntos levar a segurança digital além.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e fique por dentro dos nossos conteúdos!

    Já sou cliente
    Quero assinar