Selecione o seu estado/cidade

x
Última atualização: 22/03/24 às 02:03

Profissões do futuro são aquelas moldadas pelas rápidas mudanças tecnológicas e demandas do mercado, exigindo habilidades em áreas como inteligência artificial, análise de dados, e transformação digital.

A edição de 2023 do relatório anual O Futuro dos Empregos, divulgada pelo Fórum Econômico Mundial, enfatiza que nos próximos cinco anos, o aumento da digitalização causará uma rotatividade significativa no mercado de trabalho.

O estudo ainda destaca que a introdução de novas tecnologias resulta em uma criação de empregos, especialmente em setores emergentes. O documento ainda conta com uma lista das profissões do futuro. 

E você, gosta de tecnologia e quer seguir carreira nessa área? Fizemos uma lista com 05 profissões do futuro para te ajudar a escolher.

1. Especialista em Inteligência Artificial

À medida que a IA se integra ao nosso dia a dia, os especialistas em Inteligência Artificial assumem uma posição de destaque na vanguarda da revolução digital. 

As habilidades de um especialista em inteligência artificial (IA) são diversificadas, abrangentes e refletem a natureza multifacetada desse campo dinâmico. Confira a seguir quais são as principais:

 

  • Conhecimento em algoritmos de aprendizado de máquina, redes neurais, processamento de linguagem natural e visão computacional;
  • Proficiência em linguagens de programação, como Python, R e Java para desenvolvimento e implementação de modelos de inteligência artificial;
  • Capacidade de trabalhar com grandes conjuntos de dados, realizar análises exploratórias e extrair insights relevantes;
  • Experiência em aplicar técnicas de aprendizado de máquina para resolver problemas complexos;
  • Capacidade de criar algoritmos personalizados para atender às necessidades específicas do projeto;
  • Capacidade de articular uma visão estratégica para a aplicação eficaz de IA no dia a dia das pessoas;
  • Habilidade para analisar problemas complexos e desenvolver soluções inovadoras por meio da IA;
  • Capacidade de colaborar efetivamente com profissionais de diferentes áreas para integrar soluções de IA em processos existentes;
  • Disposição para se manter atualizado sobre as últimas tendências e avanços na área de inteligência artificial.

Seja parte da comunidade que vai além. Clique aqui e assine a Newsletter Indo Além!

2. Analista de Business Intelligence (BI)

O Analista de Business Intelligence é responsável por transformar dados brutos em insights estratégicos para orientar as decisões empresariais. Esse profissional desempenha um papel vital na união entre tecnologia e processos organizacionais.

As habilidades do Analista de BI são diversas e incluem:

  • Proficiência em ferramentas de BI, como Tableau, Power BI ou QlikView, para visualização e análise de dados;
  • Habilidade para coletar, transformar e integrar dados de várias fontes para análises significativas;
  • Conhecimento em linguagens de consulta, como SQL, para extrair informações de bancos de dados;
  • Capacidade de realizar análises preditivas e prescritivas para apoiar a tomada de decisões estratégicas;
  • Compreensão de conceitos estatísticos e matemáticos para interpretar dados de forma eficaz;
  • Habilidade para criar painéis interativos e relatórios personalizados que atendam às necessidades dos usuários;
  • Conhecimento em modelagem e design de esquemas para garantir a consistência e a integridade dos dados;
  • Visão estratégica para alinhar as análises de BI aos objetivos e metas organizacionais;
  • Boas habilidades de comunicação para traduzir dados complexos em insights compreensíveis;
  • Colaboração efetiva com diferentes departamentos para entender as necessidades analíticas e oferecer soluções pertinentes;
  • Disposição para aprender e se adaptar a novas tecnologias e metodologias no campo de Business Intelligence.

3. Engenheiro de Fintech

O Engenheiro de Fintech é especializado na convergência entre tecnologia da informação e o setor financeiro. Sua função é criar soluções, como aplicativos de pagamento, plataformas de empréstimo, entre outros serviços que melhorem a experiência do usuário em produtos e serviços financeiros.

Basicamente, ele combina a expertise técnica da engenharia de software com uma compreensão profunda das demandas específicas de finanças. O trabalho do Engenheiro de Fintech abrange uma série de habilidades:

  • Conhecimento aprofundado em finanças, produtos bancários, investimentos e regulamentações financeiras;
  • Proficiência em linguagens de programação para o desenvolvimento e manutenção de sistemas seguros; 
  • Noções de criptomoedas e tecnologias de blockchain;
  • Competência em segurança da informação;
  • Capacidade de criar soluções que protejam dados e sistemas contra ameaças cibernéticas; 
  • Capacidade de tomar decisões informadas sobre padrões em transações financeiras;
  • Comunicação eficaz;
  • Capacidade de adaptação rápida a novas tecnologias, regulamentações e demandas do mercado.

4. Especialista em Transformação Digital

De acordo com artigo compartilhado pela McKinsey, firma global de consultoria de gestão, muitas empresas enfrentam desafios em quatro áreas essenciais da transformação digital: planejamento,  integração de dados, retenção de talentos e promoção de cultura organizacional fundamentada em dados. 

Nesse cenário, o Especialista em Transformação Digital é um profissional estratégico que lidera iniciativas voltadas para a integração eficaz de tecnologias digitais que permeiam essas áreas. 

Ele é responsável por avaliar a situação atual da empresa, identificando áreas que se beneficiaram da transformação digital, incluindo processos internos, sistemas e cultura organizacional. 

Esse profissional pode, por exemplo, ser demandado a integrar a área de marketing, liderando a implementação de um sistema de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM), garantindo uma abordagem mais personalizada e orientada por dados. 

Com isso em mente, ele desenvolve e implementa estratégias digitais alinhadas aos objetivos organizacionais, identificando oportunidades para automação, integração de novas tecnologias e redefinição de processos para melhorar a eficiência da empresa.

Essa é uma das profissões do futuro que demandam as seguintes habilidades: 

  • Visão estratégica clara, alinhada aos objetivos de longo prazo da organização;
  • Capacidade de identificar oportunidades digitais que impulsionam o crescimento e a competitividade;
  • Senso de liderança para inspirar equipes multidisciplinares durante o processo de transformação digital;
  • Compreensão sólida das tendências tecnológicas emergentes e relevantes para o negócio;
  • Capacidade de analisar dados e métricas para orientar decisões estratégicas;
  • Boa comunicação e colaboração efetiva;
  • Proficiência em gestão de projetos para garantir a execução eficiente das iniciativas de transformação digital.

5. Analista de Segurança da Informação

O Analista de Segurança da Informação é encarregado de salvaguardar os ativos digitais, que são recursos intangíveis, como dados, propriedade intelectual e presença online, utilizados por empresas para operações e interações com clientes na era digital, como websites, software e mídias sociais. 

Sua atuação abrange uma série de responsabilidades, como gerenciamento de antivírus, monitoramento de redes e desenvolvimento de planos para conter e remediar violações de segurança nos sistemas de uma organização.

As habilidades essenciais para esse profissional são as seguintes:

  • Proficiência em sistemas operacionais, redes, firewalls, criptografia e tecnologias de segurança;
  • Capacidade de analisar grandes conjuntos de dados para identificar padrões e detectar atividades suspeitas;
  • Compreensão de regulamentações de segurança da informação;
  • Familiaridade com linguagens de programação para personalizar e automatizar soluções de segurança;
  • Capacidade de comunicar conceitos técnicos de forma clara e acessível a diferentes públicos;
  • Familiaridade com práticas de investigação e coleta de evidências em incidentes de segurança;
  • Habilidade para colaborar com equipes internas, incluindo TI, desenvolvimento e operações;
  • Disposição para se adaptar a mudanças e aprender continuamente em um ambiente dinâmico;
  • Habilidades de gestão de projetos para coordenar a implementação de soluções de segurança.

Como se preparar para o futuro do trabalho?

A rápida evolução tecnológica impulsionada pela inteligência artificial e pela transformação digital está moldando as expectativas e demandas no mercado de trabalho. 

Sobre isso, uma pesquisa divulgada pela Forbes, uma das publicações mais respeitadas do campo da economia e finanças, demonstra que, no Brasil, para os próximos cinco anos, quem quer se destacar no mercado da tecnologia deverá ser capaz de operar processos com base em inteligência artificial, por exemplo.

Nesse cenário, a internet atua como catalisadora, oferecendo acesso a uma variedade de recursos educacionais, oportunidades de networking e insights sobre as tendências do mercado e profissões do futuro.

Por isso, a capacidade de se adaptar às carreiras em alta começa pelo acesso à internet de qualidade. Nesse contexto, a Alares surge como uma escolha estratégica. 

Com nossos planos de internet, você obtém acesso à internet de ultravelocidade e aproveita uma infraestrutura confiável para impulsionar sua jornada rumo ao futuro do trabalho. Vá além no seu sucesso profissional.

 

Gostou do conteúdo? Assine a Newsletter Indo Além e receba em seu e-mail uma curadoria mensal de artigos do blog Indo Além.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e fique por dentro dos nossos conteúdos!

    Já sou cliente
    Quero assinar