Selecione o seu estado/cidade

x

Pela internet, é possível fazer compras, pagar contas, acessar informações bancárias e realizar uma série de outras atividades. Mas é preciso tomar alguns cuidados ao navegar, principalmente para evitar um tipo de programa malicioso chamado malware.

O nome vem do termo em inglês malicious software  (software malicioso, em português) . Esse tipo de programa pode se infiltrar no computador, celular ou tablet, causando prejuízos de todos os tipos. Quando a invasão acontece, estes sinais costumam aparecer:

  • Navegador abrindo páginas indesejadas;
  • Mensagens suspeitas aparecendo no dispositivo, principalmente com pedidos para comprar algo;
  • Problemas ao desligar ou reiniciar o aparelho.

Mas existem algumas práticas de segurança digital que podem prevenir esse tipo de ataque.

Dicas de segurança digital

Com estas 8 dicas, é possível se manter longe da invasão de malwares e de outros programas maliciosos para aproveitar o melhor da internet. Confira:

1. Evite softwares ou plug-ins suspeitos

Alguns sites pedem que o usuário faça o download de um determinado programa ou plug-in para que consiga usar as ferramentas do portal. A menos que a URL  comece com “https:” ou tenha o símbolo de um cadeado, evite esse tipo de download.

2. Crie senhas mais complexas

Ao elaborar uma senha, evite datas de aniversário ou informações pessoais, procure intercalar caracteres maiúsculos e minúsculos, use números e caracteres especiais (*, /, -, & etc.) e evite repetições seguidas dos mesmos símbolos ou letras.

4. Bloqueie os pop-ups

Pop-ups são aquelas janelas que saltam na tela  ao acessar uma página na internet.  Sempre que possível, ative a opção de bloquear pop-ups no seu navegador. Todas as informações de que você precisa, incluindo promoções e cupons, devem ser disponibilizadas em  áreas do site que não essas janelas.

5. Ative a autenticação em dois fatores

A autenticação em dois fatores consiste em cadastrar um contato (geralmente o número do celular ou o próprio e-mail) que vai servir de segundo fator de confirmação, para verificar se é realmente você quem está tentando acessar.  Funciona assim: primeiro, você digita seu usuário e senha; em seguida, é enviado um código único, ou PIN, para o contato registrado; e, por fim, é só digitar esse código no campo indicado. Essa autenticação aumenta a proteção ao acessar seu cadastro nesses sites.

6. Fique atento aos links

Links podem estar nas redes sociais , e-mails e até em mensagens  de SMS. Para saber se são confiáveis, passe a seta do mouse sobre eles e confira, no canto inferior da tela, o destino para o qual você será direcionado. URLs seguras têm a informação https:// no início. Ainda não é possível fazer essa checagem no celular. Nesses casos, o ideal é evitar links recebidos por SMS, bem como enviados por desconhecidos ou por empresas sem selo de verificação no WhatsApp.

7. Prefira o cartão virtual

Na hora de fazer compras online, dê preferência ao uso dos cartões virtuais. Eles geram números que podem ser utilizados  na compra sem que você precise expor os dados do seu cartão físico. Alguns  cartões virtuais, inclusive, que oferecem a opção de gerar números válidos por apenas 24 horas.

8. Use antivírus e firewall

Ferramentas imprescindíveis para a sua segurança digital, os antivírus protegem o seu  computador ou smartphone de qualquer ataque malicioso que tente se instalar no dispositivo, enquanto o firewall bloqueia acessos indevidos na internet, evitando invasões. Uma boa opção é utilizar a proteção do McAffe, que é líder mundial em softwares de segurança digital e está disponível nos planos de internet da Alares.

Gostou do conteúdo? Conhece outra dica? Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

  1. Hitomi disse:

    Sempre bom reforçar essas informações.

Cadastre-se e fique por dentro dos nossos conteúdos!