Selecione o seu estado/cidade

x
Última atualização: 07/02/24 às 11:02

Neste guia, apresentamos 05 medidas que podem ajudar você a minimizar os impactos desse acontecimento.

Durante festas, festivais, shows, entre outros eventos que reúnem multidões de pessoas, a perda de um item tão valioso quanto o celular pode acontecer, causando ansiedade e apreensão. 

Pensando nisso, a Alares reuniu 05 soluções que podem fazer toda a diferença para te ajudar a lidar com essa situação da melhor forma possível.

1. Tente ligar para seu número

Antes de começar a agir, reserve um momento para respirar fundo e tentar ser racional.

O próximo passo é ligar para seu celular. Caso você esteja com alguém próximo, peça emprestado o smartphone da pessoa e faça a chamada. Se alguém atender, explique a situação e marque um ponto de encontro para que você possa retomar o dispositivo. 

Lembre-se de escolher um local público para recuperar seu celular e, se possível, vá acompanhado.

Se ninguém atender ou se o celular estiver desligado, tente as opções que apresentaremos a seguir.

2. Rastreie o celular perdido

Se o seu celular estiver equipado com um sistema operacional Android, use a funcionalidade “Encontrar Meu Dispositivo”. Para usuários da Apple, use o recurso. “Buscar iPhone”. Veja a seguir como rastrear cada um dos dispositivos.

Como rastrear celular Android

Para rastrear seu smartphone Android, você deverá ter habilitado anteriormente a função  “Encontre Meu Dispositivo”. Geralmente, ela é ativada automaticamente quando você adiciona uma Conta do Google. Para usar a função, siga os passos abaixo:

  1. Em um navegador, acesse https://www.google.com/android/find. Faça login na sua Conta do Google;
  2. Se você tiver mais de um dispositivo, selecione o dispositivo perdido na barra lateral;
  3. O dispositivo perdido receberá uma notificação. Escolha a opção reproduzir som. Se ele estiver próximo, provavelmente, você irá ouvi-lo. 
  4. Na plataforma, aparecerá um mapa onde você verá informações sobre a localização do celular. Lembre-se de que a localização é aproximada, e a eficácia dessas ações depende da atualização do smartphone.

Como rastrear um iPhone 

A Apple também disponibiliza recursos de rastreamento, que permitem que você encontre seu celular perdido por meio de um mapa. Você pode rastrear seu iPhone de 4 maneiras:

  1. Pelo Apple Watch: pressione o botão lateral para abrir a central de controle e selecione “Procurar iPhone”. O celular reproduzirá um som, caso ele esteja a uma distância de até 23 metros do relógio.

Siga a direção mostrada na tela do Apple Watch. Quando estiver perto do iPhone, a tela do relógio ficará verde e o iPhone emite um sinal sonoro duas vezes.

  1. Via iCloud.com: Acesse https://www.icloud.com/find/ e informe os dados de login da sua conta Apple. Selecione o botão “Localizar Dispositivos” e siga as orientações da plataforma.
  2. Usando o app “Buscar” em outro dispositivo: caso você tenha outro iPhone com o mesmo ID Apple, use o recurso “Buscar” nesse dispositivo para encontrar o celular perdido. 

Abra o app Encontrar e escolha “Dispositivos” ou “Objetos”. Selecione o dispositivo ou objeto perdido, clique em “Indicações” para ver no mapa e use “Reproduzir som” se ele estiver próximo. Para AirTag, use “Procurar por perto” se o iPhone tiver banda ultralarga.

  1. Via dispositivo de um membro da família: se você tem um ID Apple compartilhado com outras pessoas, é possível que elas possam encontrar o celular perdido usando o  recurso “Buscar” em seus dispositivos.

Se você conseguiu rastrear seu celular, ligue para ele novamente para contactar a pessoa que está em posse do seu aparelho e tentar resolver a devolução. 

Mas, lembre-se de que sua segurança deve estar sempre em primeiro lugar. Se você desconfiar que tenha sido roubado, o melhor  fazer é dificultar o uso do smartphone pela pessoa que está em posse dele, como você lerá nos próximos tópicos:  

3. Entre em contato com a operadora de telefonia móvel

Se, depois de várias possibilidades e tentativas, você não encontrar seu celular, o ideal é entrar em contato com sua operadora de telefonia. Veja a seguir como proceder:

  1. Ligue na central de atendimento e informe sobre a perda do seu celular;
  2. Pode ser que a operadora suspenda temporariamente o serviço, impedindo qualquer uso indevido do seu número;
  3. Peça à operadora para verificar e relatar quaisquer atividades suspeitas na sua conta, como chamadas ou mensagens não autorizadas;
  4. Solicite orientações adicionais sobre como proteger sua conta e evitar possíveis fraudes relacionadas à perda do celular.

Ao tomar essas medidas, você protege sua conta e dados. Agir rapidamente e manter uma comunicação aberta com sua operadora é fundamental para minimizar os impactos da perda do dispositivo.

Bloqueie o código  IMEI do seu celular

O IMEI (International Mobile Equipment Identity) é um código de identificação do aparelho, e cada smartphone tem seu próprio número. Ao bloqueá-lo, você impede que o aparelho seja usado em redes móveis.

Isso significa que quem estiver com seu celular não conseguirá fazer ligações, enviar SMS ou usar a internet.

Para bloquear o IMEI de um celular, é necessário ligar para a operadora e fornecer o código composto por 15 dígitos. Para quem tem celular Android, o número pode ser encontrado neste link, na nota fiscal ou na própria caixa do aparelho.

Para descobrir o IMEI de um iPhone, acesse este link e forneça seus dados de login. Na sessão “dispositivos”, clique no seu iPhone. A tela exibirá o código IMEI. Assim como nos aparelhos Android, o código também pode ser visto na nota fiscal ou na caixa do iPhone.

Se o celular suporta dois chips, terá dois códigos únicos. Os números para solicitar o bloqueio variam de acordo com a operadora:

  • Claro- 1052
  • TIM- 1056
  • Vivo- 1058
  • Correios Celular-10543

Se você conseguir seu celular de volta, poderá desbloquear o IMEI e usá-lo normalmente. Para isso, basta ligar novamente na central de atendimento da sua operadora.

4. Troque senhas e monitore aplicativos e contas bancárias

Se o seu celular está vinculado a aplicativos bancários, serviços financeiros, ou outro aplicativo que contenha informações sensíveis, tome as seguintes medidas:

  • Vá até um banco e altere imediatamente sua senha. Utilize senhas fortes (com caracteres especiais, números e letras maiúsculas e minúsculas) e únicas para cada serviço, reforçando a segurança das suas informações online;
  • Monitore suas contas via autoatendimento ou computador para detectar qualquer atividade suspeita, como movimentações e transferência de valores. Reporte imediatamente qualquer transação não autorizada às instituições relevantes.

 

Leia também: Compartilhamento de imagens íntimas: como preservar sua privacidade online

5. Avise autoridades e pessoas próximas sobre a perda 

Se acreditar que o celular foi perdido em um local específico, verifique se há câmeras de segurança nas proximidades. Entre em contato com estabelecimentos locais e peça imagens caso haja gravações.

Também é importante relatar a perda do smartphone à polícia. Dirija-se à delegacia mais próxima para fazer um boletim de ocorrência. Se preferir, poderá fazer a denúncia online nos sites das Secretarias de Segurança Pública dos estados. 

Por fim, compartilhe informações com amigos e familiares sobre a perda do celular, incluindo uma descrição do dispositivo e o local onde foi perdido. Assim, caso eles notem algum movimento estranho em suas redes sociais ou recebam mensagens duvidosas via aplicativos de conversa, saberão que não é você o responsável.

Se alguém receber uma mensagem suspeita ou de fonte não confiável, alegando que seu celular foi encontrado e solicitando informações pessoais ou senhas, é importante não responder ou fornecer qualquer informação.

No contexto de dispositivos perdidos ou roubados, é mais seguro utilizar métodos que listamos neste artigo.

Sempre desconfie de mensagens ou solicitações que pareçam suspeitas e evite fornecer informações pessoais ou senhas sem verificar cuidadosamente a autenticidade da fonte.

Peça para alguém de confiança bloquear seu aparelho pelo aplicativo Celular Seguro

O Governo Federal, em parceria com a Anatel, Febraban, ABR Telecom e instituições financeiras, como Caixa, Bradesco e Banco do Brasil, entre outras que você pode conferir neste link, criou o app “Celular Seguro”.

O objetivo da ferramenta, disponível no site e aplicativo para Android e iOS, é inutilizar dispositivos móveis que foram alvo de furtos ou roubos. Para usar, é necessário que você tenha feito cadastro na plataforma, anteriormente ao ocorrido, conforme o seguinte passo a passo:

  1. Realize o login utilizando os dados de acesso à conta Gov.br;
  2. Leia atentamente o termo de uso e, caso concorde, clique em “concordo”;
  3. Cadastre os aparelhos que estejam registrados no seu CPF; 
  4. Durante o cadastro, será solicitado o número de telefones pertencentes a pessoas de confiança. 

Caso o seu aparelho seja roubado, uma dessas pessoas poderá solicitar o bloqueio do smartphone. Para isso, basta acessar a plataforma, clicar em “telefones de confiança” e selecionar o número desejado.

Depois, será necessário clicar em “alerta”, preencher as informações solicitadas e aguardar a exibição do número de protocolo. As empresas participantes do programa serão comunicadas, e seu smartphone será inutilizado. 

Tenha mais segurança e tranquilidade

A busca por um celular perdido pode expor você a riscos desnecessários. Por isso, considere adotar uma abordagem mais segura e racional e priorizar sua integridade física e emocional. 

A Alares reforça o compromisso de assegurar que você vá cada vez mais além na sua segurança. E nenhum objeto material justifica comprometer esse aspecto fundamental de sua vida.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e fique por dentro dos nossos conteúdos!

    Já sou cliente
    Quero assinar